Via  Láctea  FM

Reversos

26 FEV 2015
26 de Fevereiro de 2015
Já ouço passos,Mesmo sem caminhos...E, então, caminhoSem mover meu passo.Passo...Passo a passoComo os passos que não dou,Buscando o novoOnde o velho habita.E deixo-me ficarNo vôo alto que liberta a almaE adoça os olhos,Estendendo o ocaso.Ent...
Leia mais

Metamorfose

24 FEV 2015
24 de Fevereiro de 2015
De ti,Apenas o nome...A face, talvez,Nada mais.Acumulaste-te todoNo dia que passouE adormeceste o euQue até então edificaste!Os dias são todos iguaisPara quem os repete,Como escrevesse a vidaNa seqüência exataDe um só parágrafo...Sorve o te...
Leia mais

Um jeito de olhar

05 FEV 2015
05 de Fevereiro de 2015
Se você quer um mundo mais justo,Olhe-o com os olhos cegos.Eles não enxergam os deslizesDe que as pessoas são capazes.Se você quer um mundo mais bonito,Olhe-o com os olhos de criança.Elas nascem anjos, divinas- um pezinho na terra, outro aind...
Leia mais

Conjecturas

05 FEV 2015
05 de Fevereiro de 2015
O céu seria azul, se não fosse azul ...Intenso e fosforescente,Alegre e contente.O mundo seria um emblemaSe não fosse o mundoE a vida seria simplesSe não fosse a vida.Talvez eu fosse poeta,Se pudesse ...As coisas seriam como são,Se enxergáss...
Leia mais

Caminhos

05 FEV 2015
05 de Fevereiro de 2015
Ainda que a estrada seja sinuosa,Que seja em retidão o teu caminhar.Ainda que o trajeto seja longo,Leva o tempo por companheiro.Jamais hesites diante da primeira légua,Não há destino para quem não caminha.Semeia o sol, colhe a lua, planta est...
Leia mais

Tempo

05 FEV 2015
05 de Fevereiro de 2015
Não temo o tempo!Por mim, ele não passa.Muito mais veloz,Sou eu quem passa por eleCom passagens de ida e volta.O tempo é imutável e se repeteEnquanto eu fervilho em mutaçõesE torno-me mais rico a cada instante.Ele é apenas o eternoE eu, o e...
Leia mais

Algo novo no ar

05 FEV 2015
05 de Fevereiro de 2015
Algo novo paira no ar... Não sei bem o que é! A noite foi azul-lilás E encantava os pirilampos. O dia não amanheceu, floriu. As flores não se abriram, sorriram. Pássaros e borboletas voavam em êxtase. Algo novo, não sei bem quê! Meus o...
Leia mais

Asas

05 FEV 2015
05 de Fevereiro de 2015
Talvez não seja pelo brilho fugidio desses olhosA refletir o que tua alma insiste em ocultar;Talvez não seja pelo sorriso fácil e serenoA revelar mistérios que tua boca quer calar;Talvez também não seja pelos gestos de ternuraQue teu corpo s...
Leia mais